Ads 468x60px

6 de fevereiro de 2015

SOCIOLOGIA NERD #1 - GOTHAM - QUADRINHOS VS SÉRIE DA WARNER




Caros amigos, começarei as minhas Atividades no blog falando sobre a mais nova Série da “Warner Pictures Television”, Gotham.
A Série mostra a Cidade de Gotham quando Batman, o Bilionário Bruce Wayne, era apenas uma Criança, que acaba de ter os pais assassinados por um Assassino Misterioso.

Farei uma análise Social, Política e Filosófica dessa Série, abordando diversos e diferentes aspectos sobre essa Cidade, tanto na sua Leitura dos Quadrinhos como no próprio Seriado.
Todos sabem muito bem que Gotham é a Cidade do Batman, e foi lá, quando ele ainda era uma Criança, perdeu os seus Pais, brutalmente Assassinados por um Bandido Misterioso, durante um Assalto, Fato que marcaria para sempre, Drástica, Radical e Traumaticamente, a Vida do Jovem Bruce Wayne, que, desse dia em diante, passou a ficar sobre a Proteção e os cuidados do seu Fidelíssimo Mordomo: Alfred Pennyworth.
Essa história já é bastante conhecida por todos nós, os seus Fãs, através dos próprios Quadrinhos.


Gotham em outras Mídias:


Mas ela ficou ainda mais conhecida depois que o Genial Tim Borton a transformou em um Filme, tudo isso em 1990, um verdadeiro Marco nos Cinemas do Mundo inteiro, o Filme foi um Estrondoso Sucesso, tanto de Público como também de Crítica, algo raro e difícil de alcançar em qualquer época, ainda mais em se tratando de um Filme de Super-Herói, que não era uma Fórmula garantida de Sucesso. Muito pelo contrário, era um tremendo Risco.
O que é completamente diferente de tudo isso é o que vemos hoje em dia, Filmes e mais Filmes gerando Milhões de Bilheterias nos Cinemas, e Séries desses mesmos Super-Heróis sendo produzidas a todo instante para “TV” e para a “WEB”, até pelos Fãs, os Mundialmente conhecidos agora como “Fan Films”.
A idéia Central da Série Gotham é no mínimo interessante e bastante atraente, por falar sobre a Cidade do Batman sem ele.

O Protagonista da Série é o até então recém-chegado James Gordon, que começa os seus Trabalhos por lá Atuando como Detetive, que volta a Cidade depois de passar um período Servindo no Exército, ou seja, um Verdadeiro Escoteiro num Covil de Lobos misturado a um Ninho de Cobras, uma coisa pior do que a outra, porque, à medida que a história avança o Telespectador logo começa a perceber que o “Jim Gordon”, como ele é assim chamado na Série, não pode confiar em praticamente ninguém, de tão Suja e Corrupta que a Cidade é.


Gotham - A Cidade sem Lei:


Nos Quadrinhos a atmosfera da Cidade é exatamente essa, uma Cidade Suja, Fria, Corrupta, Violenta, Estressante e possuidora dos indivíduos mais Loucos, Alucinantes, Assassinos e Perigosos que se possa ter notícia em qualquer outro lugar.
Na série o Personagem Central da Trama é Jim Gordon, que conhece o recém-órfão Bruce Wayne.
A história também narra a Relação Complexa e Intrigante de Diversos outros Personagens, um mais diferente e peculiar que o outro. Jim também tem um Parceiro na Polícia, o Harvey Bullock, mas ele é um Corrupto que, apesar disso, tem seus Lapsos de Justiça de vez em quando, mas só quando lhe convém, principalmente para manter as aparências, esse Personagem presa muito por isso. Jim Gordon tenta a todo o momento fazer justiça, custando o que custar, mesmo que para isso precise arriscar, além da sua própria Vida, o seu Distintivo e o seu Relacionamento com Bárbara, sua Namorada.


Batman?


O que ninguém sabe ainda é qual a História de Bruce Wayne nesse período, quando era uma Criança em sua Cidade Natal, e é essa a Proposta da Série, contar a História do Batman Jovem, Indefeso, Sozinho, com Medo, Revoltado, Frustrado com Tudo, e contando apenas com a Companhia e o Amparo de Alfred, que assume o papel de Família para ele.
Mas não é só isso, a Série fala dessa Cidade como um Todo, o que torna tudo ainda mais Atraente e Convidativo para o Grande Público.
Conta o Surgimento de Antigos e novos Vilões do Batman, inclusive, Personagens Feitos exclusivamente para a Série, como a Mafiosa Fish Money.
Todos esses Personagens citados acima, assim como outros, recebem tanta ou, às vezes, até mais importância e atenção do que o próprio James Gordon, o que é ótimo, Enriquecendo todo o Universo desse Fascinante Cenário.

Bom pessoas, essa é apenas a primeira parte, um aperitivo para marcar minha entrada, que darei continuidade nas próximas Postagens.

Até lá.

Continua...

3 comentários:

Postar um comentário

Não deixem de comentar, galera. Sua opinião é importantíssima para o crescimento do nosso universo!

 
Blogger Templates